Sexta, 24 de Maio de 2024
75 98251-4963
Política Lula na Bahia

Em visita à Bahia, Lula agradece aos brasileiros pela solidariedade frente à tragédia no RS

Durante o discurso, Lula pediu um minuto de silêncio em solidariedade às pessoas que perderam familiares nas enchentes

11/05/2024 06h52
Por: Carlos Valadares
Foto: Ricardo Stuckert / PR
Foto: Ricardo Stuckert / PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) desembarcou na tarde desta sexta-feira (10) na Bahia. O mandatário participou da cerimônia de inauguração do Hospital Estadual Costa das Baleias e do novo prédio do campus da UFSB, em Teixeira de Freitas.

O mandatário estava acompanhado pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT), pelos ministros da Casa Civil, Rui Costa, da Saúde, Nísia Trindade, e da Educação, Camilo Santana, além da primeira-dama Janja da Silva.

Durante o discurso, Lula pediu um minuto de silêncio em solidariedade às pessoas que perderam familiares nas enchentes do Rio Grande do Sul. “Eu queria pedir um minuto de silêncio em solidariedade às pessoas que perderam familiares nas enchentes do Rio Grande do Sul, em segundo lugar para as pessoas que estão desaparecidas e em terceiro lugar para milhares de gaúchos que estão fora das suas casas por conta de uma catástrofe ambiental”, iniciou o petista.

Lula expressou sua admiração pela solidariedade e compaixão demonstradas pelo povo brasileiro diante das enchentes no Rio Grande do Sul. Ele destacou que nunca havia testemunhado tamanho apoio.

"Eu nunca vi tanta solidariedade e tanta compaixão como estou vendo agora do povo brasileiro ajudando de corpo e alma, cada pessoa que está desesperada com o volume de chuva que até então a gente desconhecia. Obrigado Bahia e Nordeste brasileiro pelo apoio que vocês estão dando”, acrescentou. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.