Sexta, 12 de Julho de 2024
75 98251-4963
Geral Turismo

Turismo cresceu 7,3% no primeiro trimestre, maior variação entre os estados

Bahia apontou a primeira variação positiva mais expressiva entre as unidades federativas e superior à média nacional, que avançou 0,4%

11/07/2024 14h50
Por: Carlos Valadares
Foto: João Ramos/Bahiatursa
Foto: João Ramos/Bahiatursa

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o volume das atividades turísticas na Bahia cresceu 7,3%, no primeiro trimestre de 2024, em relação ao mesmo período de 2023. Nessa comparação, a Bahia apontou a primeira variação positiva mais expressiva entre as unidades federativas e superior à média nacional, que avançou 0,4%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS/IBGE) e compõem o Boletim de Análise Conjuntural do Turismo na Bahia, divulgado nesta quinta-feira (11), pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da secretaria do Planejamento, em parceria com Secretaria do Turismo, a partir de diversas fontes de dados.

Entre as informações de destaque no boletim, o fluxo de passageiros (em voos domésticos e internacionais) nos principais aeroportos da Bahia (Salvador, Porto Seguro, Ilhéus e Vitória da Conquista) avançou 11,2% no primeiro trimestre de 2024, em relação ao mesmo trimestre de 2023, impulsionado pelo aumento da movimentação registrada em todos os quatro aeroportos investigados. O levantamento aponta que os pedágios das rodovias que perpassam o estado da Bahia registraram incremento de mais de 701 mil veículos em trânsito, o que representa uma ampliação de 3,7% em relação ao primeiro trimestre de 2023, impulsionada pela expansão do fluxo contabilizado pelas três concessionárias que administram as rodovias baianas.

A Bahia arrecadou em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) mais de R$ 1,2 bilhão referentes às ACT no primeiro trimestre de 2024, com expansão nominal de 31,4% em relação ao ano de 2023. Esse resultado foi impulsionado por mais de 82% das atividades investigadas. A taxa média de ocupação dos meios de hospedagem em Salvador foi de 69,0% no primeiro trimestre de 2024, resultado superior ao observado no mesmo trimestre do ano anterior (68,3%). Esse resultado ficou 0,7 p.p. acima da taxa contabilizada no mesmo trimestre do ano anterior. É importante ressaltar, que essa é a segunda melhor taxa média registrada desde 2019, nessa comparação.

Cerca de 10 mil veículos adicionais passaram pelo Sistema Ferry-Boat, na travessia São Joaquim-Bom Despacho, no primeiro trimestre de 2024, o que representa uma expansão de 4,5% em relação ao mesmo trimestre de 2023. Pelo mesmo sistema deixaram de passar mais de 230 mil passageiros, representando arrefecimento de 16,5% na mesma análise comparativa. Ainda segundo Pesquisa Mensal de Serviços, cabe destacar que o primeiro trimestre foi um período impulsionado pela realização do Carnaval em Salvador e as festas populares e religiosas em grande parte dos municípios baianos. A expectativa é de manutenção da expansão do setor para o 2º trimestre de 2024, uma vez que abrange um período intenso de grandes eventos como os festejos juninos. As promoções desses eventos contribuirão para o excelente desempenho do setor, com taxa amenizada em relação ao 2º trimestre de 2023, confirmada pela expectativa da sondagem empresarial da Fundação Getulio Vargas (FGV) e do Indicador de Confiança do Empresariado Baiano (ICEB), da SEI.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.