Sexta, 12 de Julho de 2024
75 98251-4963
Geral Produtos piratas

Receita Federal realiza fiscalização contra produtos piratas em Feira de Santana

O material apreendido será encaminhado para Salvador, onde será realizada a autuação

20/06/2024 12h48 Atualizada há 3 semanas
Por: Carlos Valadares Fonte: Página de Notícias

Na manhã desta quinta-feira (20), a Receita Federal, realizou operação em lojas do centro da cidade em Feira de Santana. A operação tem como objetivo principal retirar de circulação produtos piratas, contrafeitos e de contrabando. foram visitadas quatro lojas na cidade, duas na Avenida Dom João VI, uma na Rua Marechal Deodoro e outra na Rua de Santana. A Receita Federal realiza esse tipo de operação regularmente, não apenas no estado da Bahia, mas também em Sergipe.

Segundo Joselito Correia, auditor da Receita Federal, o material apreendido será encaminhado para Salvador, onde será realizada a autuação. "Os produtos que não puderem ser descaracterizados serão destruídos, enquanto aqueles que puderem ser descaracterizados serão doados para refugiados e pessoas necessitadas no Rio Grande do Sul", pontuou.

Questionado sobre a percepção de que a Receita Federal costuma realizar essas fiscalizações próximo a datas comemorativas, Juselito afirmou que é mera coincidência, pois a Receita segue um planejamento próprio, que pode ser afetado por outros compromissos."A gente vem quando da certo de vir, se é perto de festa ou não é mera coincidência".

Quanto aos prejuízos causados pelos produtos piratas, Joselito destacou que, embora as marcas possam sofrer algum prejuízo, o maior impacto é para o comércio legal, que enfrenta a concorrência desleal. "o objetivo principal da Receita é proteger a sociedade, evitando que os consumidores adquiram produtos falsificados"

Com informações: Carlos Valadares

Por: Mayara Silva

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.