Sexta, 24 de Maio de 2024
75 98251-4963
Geral Criança raptada

Sistema de monitoramento da PM localiza criança raptada em escola de Santo Estevão

Eles foram localizados, após uma denúncia feita ao Cicom de Feira de Santana.

10/05/2024 16h08
Por: Carlos Valadares
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma criança de 8 anos de idade foi localizada na manhã de quinta-feira (9), com o auxílio das câmeras do sistema de videomonitoramento da Polícia Militar de Feira de Santana, após ter sido raptada da escola municipal onde estuda por dois homens e a própria mãe. O caso ocorreu no Povoado do Conga, em Santo Estevão.

De acordo com a polícia, os acusados estavam a bordo de um veículo e seguiram em direção à BR-116, sentido Feira de Santana. Eles foram localizados, após uma denúncia feita ao Cicom de Feira de Santana, através do número 190.

Diante das informações, o Cicom transmitiu um alerta geral para as guarnições da 57ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) de Santo Estêvão e para as unidades de Feira de Santana e, com o auxílio das câmeras detectou a passagem do veículo pela BR-324, seguindo sentido à Salvador.

Os raptores foram interceptados nas imediações da praça de pedágio de Amélia Rodrigues, na BR-324, por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Policiais Militares, com apoio da Concessionária Viabahia.

Os policiais militares confirmaram que a criança, juntamente com a sua genitora e dois homens, estavam a bordo do veículo. A apresentação dos envolvidos foi realizada na Delegacia de Polícia Civil de Amélia Rodrigues e a criança foi entregue, sem qualquer lesão física aparente, aos cuidados do Conselho Tutelar daquele município.

De acordo com os envolvidos em depoimento, a criança teria sido raptada da escola por conta de suposta disputa judicial envolvendo a guarda da menor. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.